Crescimento da população e desperdício de água causam crise hídrica no Crato O município localizado no Cariri cearense possui fontes naturais de água que brotam da Chapada do Araripe, e mesmo assim sofre com a falta d'água

13/02/2018 - 12h32
a- a+


De natureza exuberante, o município do Crato, no Cariri cearense, possui fontes naturais de água que brotam da Chapada do Araripe, porém, mesmo com toda a abundância hídrica, os cerca de 130 mil habitantes da localidade sofrem com a crise hídrica. O crescimento da população e o desperdício de água são os principais motivos que levaram o colapso.

Segundo o presidente da Sociedade Anônima de Água e Esgoto do Crato (SAAEC), Yarlei Brito, um cratense consume, em média, 380 litros de água por dia, número quase quatro vezes maior que o indicado pela Organização Mundial de Saúde, que afirma que é necessário apenas 120 litros por pessoa

Veja mais informações na reportagem do Diário Regional. 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Regional

Veja mais

Comentários

Instagram

Siga @tvdiario

Canal 22.1 em HD. Perfil oficial da TV Diário, que é a cara do Nordeste: desenrolada, invocada e estourada. WhatsApp: (85) 98755-0153