Como senador, Mauro Filho pretende dar ganho real ao Bolsa Família

24/09/2014 - 13h28 - Redação Web - TV Diário
a- a+


mauro filho
O candidato ao Senado também salientou a importância de oferecer o ensino profissionalizante aos beneficiários do programa (Foto: Priscila Ipirajá)
Nesta quarta-feira (24), o Jornal do Meio Dia recebeu o candidato do PROS ao Senado, Mauro Filho, para discutir suas propostas, caso seja eleito.
 
Entre as ideias de Mauro Filho para o posto no legislativo, está a profissionalização dos estudantes que dependem do Bolsa Família. Para ele, é importante que os jovens do programa sejam estimulados a seguir uma carreira profissional e citou o incentivo ao empreendedorismo como alternativa.
 
Mauro Filho também salientou a importância de dar ganho real ao benefício. Ele sugere uma política de reajuste, assim como acontece com o salário mínimo, de maneira a dar ganho acima da inflação para as famílias que dependem da bolsa.
 
Seu bolso
 
Durante a entrevista, o candidato do PROS lembrou a alta carga tributária enfrentada no Brasil e prometeu diminuir a incidência de impostos como PIS, Cofins e IPI.
 
"De tudo que se produz, de bens e serviços, 36% é imposto municipal, estadual ou federal. No entanto, a União tem 69% de tudo que se arrecada. Ou seja, há uma concentração muito forte", afirma o candidato, que prometeu a diminuição da carga tributária e o compartilhamento da receita.
 
Seca
 
Sobre o permanente problema da seca no Interior, Mauro Filho lembrou do programa "Água para Todos" e a política de criação de adutoras.
 
"O Estado também tem esse mesmo programa. Estamos providenciando as adutoras, inclusive essas de tecnologia mais moderna, que nós chamamos de engate rápido. Crateús, por exemplo, está com uma adutora de 150Km que será feita agora em 6 meses", afirmou.
 
O candidato também citou o incentivo a projetos menores e a perfuração de poços como saídas para amenizar o problema da seca.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Política

Veja mais

Comentários