PM monta base móvel, mas clima de medo continua no Barroso Integrantes de facção criminosa picharam muros do bairro com ameaças com intuito de expulsar moradores de suas residências.

07/01/2018 - 13h15
a- a+


Nesta quarta-feira (03), supostos integrantes da facção criminosa Guardiões do Estado (GDE) picharam em alguns muros do bairro Barroso, em Fortaleza, ameaças com intuito de expulsar moradores de suas residências. Desde então, o Comando 22  acompanha as ameaças aos moradores do bairro. 
 
Para controlar a situação, a Polícia Militar implantou uma base móvel nas proximidades, porém os moradores continuam com medo das ameaças. Apesar de não existir uma confirmação oficial, estima-se que 20 familias já deixaram suas casas. 
 
Além da base móvel, também houve um reforço no policiamento do local. Segundo a PM, a situação já se encontra normalizada e, na quarta-feira, três pessoas suspeitas de realizar as pichações foram presas. 
 
O Coronel Albano, da PM, afirma que a Polícia já vem atuando em uma operação na região desde 12 de dezembro e realizou apreensões de drogas e a prisão de traficantes. 
 
Confira mais informações na reportagem do Comando 22. 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Polícia

Veja mais

Comentários