Operação afasta funcionários da Sejus e diretores de presídios A ação faz parte da Operação Masmorras Abertas, deflagrada pelo Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) e pela Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança pública e Sistema Penitenciário (CGD)

17/04/2018 - 10h36
a- a+


Sete agentes penitenciários foram afastados de suas funções nesta segunda-feira (16). O grupo é acusado de formar uma organização criminosa que facilitava a entrada de drogas e celulares em presídios do Ceará. A ação faz parte da Operação Masmorras Abertas, deflagrada pelo Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) e pela Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança pública e Sistema Penitenciário (CGD). 
 
As investigações começaram em 2016, após a crise do Sistema Penitenciário do Estado. Os agentes são acusados de corrupção passiva e ativa, prevaricação, violação do sigilo profissional, omissão e tortura de detentos. O grupo também manipulava fiscalizações sobre as unidades prisionais e adicionavam dados falsos em sistemas de informações.
 
Os agentes afastados são Edmar de Oliveira Santos, da Coordenadoria do Sistema Penal (Cosipe); Celso Murilo Rebouças de Mendonça, adjunto da Cosipe; Herlano Walquer Falcão Macieira, diretor da Casa de Privação Provisória de Liberdade (CPPL) II; Paulo Ednardo Oliveira de carvalho, coordenador de Patrimônio da Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus); João Augusto de Oliveira Neto, agente penitenciário; Mauro César Ximenes Andrade, Diretor adjunto da CPPL I; e Francisca Celiane de Almeida Celestino, diretora do Centro de Triagem e Observação Criminológica (Cetoc). 
 
Edmar e Herlano foram presos por porte ilegal de arma. Os sete suspeitos ficaram afastados de suas funções por dois meses. Durante a operação, a MPCE apreendeu também documentos e computadores, que serão analisados na investigação. 
 
Mais informações na reportagem do Diário na TV. 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Polícia

Veja mais

Comentários

Instagram

@tvdiario

Canal 22.1 em HD. Perfil oficial da TV Diário, que é a cara do Nordeste: desenrolada, invocada e estourada. 😝 WhatsApp: (85) 98755-0153