Nova droga apreendida no Ceará pode levar ao canibalismo, diz Polícia Civil A metilona é uma droga similar ao metilenodioximetanfetamina (MDMA), que possui o mesmo princípio ativo do ecstasy

05/07/2016 - 08h49 - Redação Web - TV Diário
a- a+


A Polícia Civil apreendeu pela primeira vez no Ceará a "metilona", uma droga derivada de anfetamina, com efeitos semelhantes aos do ecstasy. O entorpecente era trazido da China por meio dos Correios. Além da nova droga localizada, também foram apreendidos 75 quilos de maconha e skunk, uma variação mais forte da maconha. Ao todo, 7 pessoas foram presas na operação chamada "Ponto de Impacto". 
 
A metilona é uma droga similar ao metilenodioximetanfetamina (MDMA), que possui o mesmo princípio ativo do ecstasy. De acordo com a polícia, há relatos de usuários de metilona que praticam canibalismo após o uso da substância. A diretora adjunta da Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas (DCTD), a delegada Patrícia Bezerra, ressaltou que a nova droga encontrada no Ceará tem efeito mais devastador que as demais. Apenas o toque no produto já é capaz de gerar desconforto. 
 
"É uma droga muito forte. Um de nossos policiais, fazendo o manuseio dela, teve vertigens e passou mal", afirmou. 
 
Canibalismo
 
Ainda de acordo com Patrícia Bezerra, há relatos de usuários que comeram carne humana após o uso da metilona. "Fizemos psquisas sobre esse produto e descobrimos que em Miami, nos Estados Unidos, um grupo de pessoas alegou que, sob efeito da droga, cometeu canibalismo. Essa é a primeiroa vez que apreendemos no Ceará", explicou. 
 
Como chega ao Ceará
 
A droga chega ao Estado por via postal, trazido da China. Segundo a polícia, a metilona vem em pequenas porções, escondida em produtos diversos. "Ela é fumada, cheirada, ingerida. É consumida por grama. É um produto muito caro", informou a delegada. A equipe do Diário do Nordeste aprou que a droga chega a ser negociada em festas rave por cerca de R$ 150, o grama. 
 
Prisões
 
No último sábado (02), foram presos Omar Martins Azzam, o "Marroquino", de 24 anos, e Paulo Ricardo de Souza da Silva, de 23. Os dois estavam de posse de cerca de 90 gramas de metilona. 
 
No mesmo dia, policiais da DCTD capturaram Cleverson Vinícius da Costa Rabelo, de 20 anos, e Jhonny Lima da Silva, de 23. Anteriormente, na última terça-feira (28), haviam sido capturados Paulo Henrique Ferreira, de 19 anos, Ricardo Ubiratan Leal Filho, de 33, e Francisco Bertoldo Araújo de Souza, de 26. 
 
Ao todo, foram localizados 64Kg de maconha, quase 12Kg de skunk, 411 comprimidos de ecstasy, 65 pontos de LSD e 90 gramas de metilona, além de três veículos. 
 
* Com informações do Diário do Nordeste.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Polícia

Veja mais

Comentários