Mortes causadas por influenza chegam a 68 no Ceará; maior número dos últimos nove anos Ao todo, o Estado já possui 419 casos confirmados da doença apenas neste ano

26/06/2018 - 18h38
a- a+


Gripe

O número de mortes provocada pelo vírus influenza neste ano subiu para 68 no Ceará. O resultado, divulgado pelo boletim epidemiológico da Secretaria de Saúde do Estado (Sesa), é o pior dos último nove anos.

A soma de óbitos por influenza no Ceará de 2009 a 2017 foi de apenas 59 casos. Em 2018, nos primeiros quase seis meses, a Sesa já registrou uma quantidade aproximadamente 15% maior que o acumulado dos últimos nove anos.

Fortaleza foi a cidade que mais registrou mortes, ao todo, foram 32 casos. O município de Eusébio, na Região Metropolitana, foi o segundo município com mais mortes, seis, seguido por Cratéus, com três.

Casos confirmados

Ao todo, o Estado já possui 419 casos confirmados da doença neste ano, número quatro vezes maior do que em 2016, ano, que até então, possuía a maior quantidade de casos, com 103.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Ciência e Saúde

Veja mais

Comentários