Parceria entre IML, Central de Transplantes e IJF alavanca doações de órgãos

17/09/2014 - 22h27 - Redação Web - TV Diário
a- a+


Uma parceria entre o Instituto Médico Legal (IML), a Central de Transplantes do Estado e o Instituto Doutor José Frota (IJF) beneficia famílias que autorizam a doação dos órgãos de parentes falecidos. Desde julho, têm sido mais frequentes os casos em que equipes da Perícia Forense realizam o exame de necropsia no próprio hospital, agilizando a captação dos órgãos e a liberação dos corpos. A iniciativa é mais um estímulo ao solidário ato de doar.
 
As necropsias em bloco cirúrgico, em situações de morte violenta, já eram possíveis no Ceará desde 2010, por determinação de lei estadual. Os exames, que eram feitos apenas no IML, puderam ser realizados já no próprio hospital, mas só em doadores de múltiplos órgãos, para agilizar o trabalho de captação. Desde julho, já foram feitos 6 procedimentos na unidade hospitalar, diante de 10 realizados desde 2010.
 
O serviço agiliza a doação, mas não é oferecido como condição para que a família autorize. Doar continua uma questão de consciência e opção. Segundo a Secretaria de Saúde do Estado, o Ceará foi o estado com maior número relativo de doadores de órgãos e tecidos no primeiro trimestre, com 29,3 doadores efetivos por milhão de população.
 
Neste mês, a Fundação Edson Queiroz lançou a 12ª edição da campanha Doe de Coração, que tem o objetivo de sensibilizar a sociedade em favor da doação voluntária de órgãos. No dia 26 de setembro, é comemorado o Dia Nacional do Doador de Órgãos, ocasião em que o IJF vai realizar um evento ecumênico para promover a causa.
 
*Com informações do repórter Flávio Rovere.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Cidade

Veja mais

Comentários

Instagram

Siga @tvdiario

Canal 22.1 em HD. Perfil oficial da TV Diário, que é a cara do Nordeste: desenrolada, invocada e estourada. WhatsApp: (85) 98755-0153