Garis paralisam atividades por falta de pagamento

09/09/2015 - 18h12 - Redação Web - TV Diário
a- a+


Garis e caçambeiros paralisaram suas atividades nessa terça (09) por falta de pagamento da empresa responsável por realizar os serviços de capinação, coleta de entulho e limpeza de lagoas em Fortaleza.
 
A Prefeitura de Fortaleza tem contrato com 3 empresas que são responsáveis pela limpeza da cidade. Essas empresas terceirizadas, por sua vez, contrataram a Cooperativa dos Caçambeiros do Ceará (Cocace) para fazer o serviço de limpeza na Capital.
 
Desde março, 400 trabalhadores foram demitidos sem receber multa recisória e FGTS. A Cocace afirma não ter condições de fazer o pagamento desses trabalhadores.
 
Segundo Alberto Teixeira, presidente da cooperativa, foi feito um acordo com parte dos profissionais para efetuar um pagamento parcelado. Outro acordo foi tentado com a outra parte dos trabalhadores, porém, a federação que os representa não aceitou as condições propostas.
 
Ainda segundo o presidente da Cocace, a situação dos trabalhadores é reconhecida pela cooperativa, porém o pagamento não pode ser feito por falta de dinheiro.
 
Foi realizada uma audiência na Procuradoria Regional do Trabalho para tentar um acordo entre os garis e a Cocace. Se a cooperativa não se responsabilizar, as empresas terceirizadas e a prefeitura podem arcar com o prejuízo.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Cidade

Veja mais

Comentários