Comando 22 - Garotas de programa falam sobre rotina violenta da profissão

08/08/2018 - Redação Web - TV Diário
a- a+

Opção ou necessidade? Motivos diversos levam homens, mulheres, transexuais e travestis a exercerem uma das profissões mais antigas do mundo: a prostituição. Em Fortaleza, as esquinas da cidade costumam ser o local de trabalho de muitos desses profissionais. Preconceito, violência e vulnerabilidade fazem parte da rotina de garotos e garotas de programa que, nesta quarta-feira (8), revelam à reportagem da TV Diário como é o dia a dia do árduo trabalho. Confira!

Vídeos relacionados

Instagram

Siga @tvdiario

Canal 22.1 em HD. Perfil oficial da TV Diário, que é a cara do Nordeste: desenrolada, invocada e estourada. WhatsApp: (85) 98755-0153