Campeonato Cearense de Futsal 2018

Feriado santo no Cariri assiste derrota do Icasa no Romeirão

05/04/2015 - 18h30 - Redação Web - TV Diário
a- a+
O funil do Campeonato Cearense começa a selecionar as duas equipes finalistas da edição 2015. Com o início das semifinais, Ceará e Fortaleza largaram na frente contra o Guara-Ju, respectivamente.
 
Já palco de uma derrota no sábado (04), os torcedores que visitaram o Romeirão no domingo de Páscoa (05) assistaram a mais uma derrota e viram os doces irem apenas para Páscoa da Capital cearense.
 
Após 90 minutos, a equipe tricolor conseguiu dois gols fora de casa e assegurou a vantagem de perder por até 1 gol na partida de volta, domingo (12), na Arena Catelão.
 
Mandante do Romeirão, o verdão do Cariri procurou transformar seu estádio em uma panela de pressão. Com postura ofensiva desde os momentos iniciais do jogo, o Icasa apostava na troca de passes rápida e avanços pelos flancos.
 
Segurando o ímpeto interiorano, o Fortaleza esperava o melhor momento para atacar e surpreender. Tática que foi vitoriosa a partir dos 36 minutos do 1º tempo, quando, através de cobrança de falta, Cássio aproveitou bate rebate na área e abriu o placar.    
 
A aura mística do feriado santo e do terreno de Padre Cícero não conseguia empurrar o Icasa para o empate. Mas no banco estava a solução. Éverton, aguardava uma oportunidade no gramado verde de Juazeiro, até que foi posto em campo para resolver.
 
O jogo ganhou em movimentação. O novo gás imposto pelo jogador icasiano dificultou a defesa tricolor que, acuada no campo de defesa, percebia que segurar o placar seria uma missão complicada.
 
Foi então que o poder místico dos gramados verdes de Juazeiro acertaram o gol de Deola, quando Éverton, predestinado a mudar o jogo, aproveitou bola rebatida em falta e acertou o canto do goleiro tricolor, que de joelhos via a bola vencer suas mãos e o empate sobressair a uma vitória.
 
O domingo de Páscoa reservava mais surpresas.
 
No ritmo do jogo, que seguia frenético com seus ataques rápidos e lances de invasão nas áreas, o relógio marcava 41 minutos do segunto tempo, quando Lúcio Maranhão seguiu e viu um zagueiro e um goleiro à frente. Após segundos, via apenas seus companheiros rodeados na comemoração do gol.
 
Era o segundo tricolor, o da vitória. Ponto final na partida.
 
*Notícia atualizada às 10h de 06/04/2015.

Instagram

Siga @tvdiario

Canal 22.1 em HD. Perfil oficial da TV Diário, que é a cara do Nordeste: desenrolada, invocada e estourada. WhatsApp: (85) 98755-0153