"Outros motoboys querem formar uma equipe", diz desempregado que virou 'caçador Pokémon' Dênis conta que as pessoas pedem até para passar por cemitérios, pois lá habitam criaturas do tipo 'fantasma'

04/08/2016 - 15h50 - Redação Web - TV Diário
a- a+


O motoboy Dênis Paz aproveitou o momento de crise e a 'onda do momento' para lançar uma ideia que pode lhe gerar ótimos frutos.
 
Com o lançamento do aplicativo 'Pokémon Go', o rapaz, que estava desempregado há um mês, aproveitou a oportunidade para oferecer serviços de 'caçador Pokémon'. Em sua moto, ele leva as pessoas para rodar pela cidade em busca dos bichos em seus telefones. "Pego minha moto, o pessoal chama pelo WhatsApp e eu cobro R$25 a hora para caçar", disse o motoqueiro.
 
O primeira passo para os interessados é fazer o download do jogo. A partir daí você pode buscar, treinar e evoluir seus Pokémons, travar duelos contra outros treinadores e tentar conquistar ginásios.
 
Dênis conta que as pessoas pedem até para passar por cemitérios, pois lá habitam criaturas do tipo 'fantasma'. "Durante o dia não dá medo, mas não sei durante a noite", conta.
 
Para a jornada, o motoboy preparou sua moto com todos os aparatos necessários para o jogador que o acompanha. "Tem carregador de celular, suporte para GPS", explica Dênis.
 
Segundo ele, a ideia está pegando e já há outros interessados em acompanhá-lo. "Alguns amigos meus motoboys entraram em contato comigo pra gente formar uma equipe para caçar pokemons. Padronizar a moto e a camisa", disse o empreendedor.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Tecnologia e Games

Veja mais

Comentários

VC na tv diário

Flagrou algo inusitado ou presenciou um fato marcante? Envie seu material - foto ou vídeo - para a produção do seu programa favorito.

Fale conosco

Fale diretamente com a produção dos programas da TV Diário. Atenção: o formulário abaixo não permite o envio de anexos.