Dia da Mulher: Conheça quatro aplicativos para você acompanhar seu ciclo menstrual Nesta Dia Internacional da Mulher, confira opções gratuitas de monitoramento de ciclo menstrual e aumente seu autoconhecimento e independência

07/03/2018 - 21h36
a- a+


Celular mulher
Mulheres estão usando a tecnologia para conhecer melhor o próprio corpo; confira dicas de aplicativos. (Foto: Foto: Sergeycauselove/Freepick)

Se perder nas fases e estágios do ciclo menstrual, ser surpreendida com cólicas, esquecer de tomar o anticoncepcional ou até mesmo de comprar absorventes são situações corriqueiras na vida feminina. Pensando nisso, nesta quinta-feira (8), Dia Internacional da Mulher, o Portal da TV Diário selecion quatro aplicativos gratuitos de monitoramento de ciclo menstrual para trazer mais autoconhecimento e independência nesta data especial.

“Eles permitem um maior controle do ciclo pela mulher, permitindo suspeita de anormalidades mais precocemente. Auxiliam quem tenta engravidar e também quem deseja utilizar o método da tabelinha. Além de ajudar em diagnósticos clínicos de disfunções do ciclo menstrual”, lista os benefícios a ginecologista, obstetra e professora de medicina da Universidade Federal do Ceará (UFC),  Raquel Autran. 

Como já diz o nome, o ciclo menstrual é um processo cíclico que acontece periodicamente no organismo feminino, que normalmente só é lembrando durante os dias de sangramento. Entretanto, o corpo feminino apresenta diferente alterações fisiológicas e psicológicas durante os ciclos, como seios doloridos, retenção de líquidos, mudanças de humor, alterações na pele, no cabelo e no muco cervical, entre outros. Essas ferramentas para dispositivos móveis auxiliam na previsão e até mesmo na prevenção desses sintomas, que são fruto da variação hormonal. De acordo com a a médica, os aplicativos não possuem contraindicação e funcionam como uma espécie de diário menstrual, permitindo o autoconhecimento e até mesmo  a identificação de doenças. 

 

DFD

SADAS

Com a possibilidade de monitoração de 43 sintomas e 64 humores, o primeiro da lista é também o mais personalizável das opções. Com uma interface colorida e interativa, o aplicativo afirma ser o mais baixado do Google Play e o 4º no ranking Saúde e Fitness do iTunes.

A universitária Paula Queiroz, de 22 anos, usa o Calendário há três anos e conta que as funções simples e a possibilidade de funcionar como método contraceptivo chamou sua atenção. 

GBGFBGF“Uso ele pela questão da praticidade e do controle dos dias em que irá começar meu ciclo menstrual e dias férteis, além de, para mim, também funcionar como método para prevenir a gravidez”, revela a estudante, que combina o aplicativo com o uso da camisinha para evitar gestações indesejadas. 

A descrição do aplicativo, assim como os demais apresentados nesta lista, alerta que ele não deve ser usado para evitar gravidez indesejadas pois, como, explica a ginecologista Raquel Autran, métodos que funcionam como tabelinha não estão entre os mais eficazes.

Diferente de muitos dos seus concorrente, o Calendário Menstrual oferece uma versão que pode ser usada durante a gravidez. O app ainda disponibiliza configurações de proteção de informações, com opção de senha de acesso, além de possibilitar a criação de várias contas em um só dispositivo. 

FSFSDFS

GHF

Com um design limpo e em tons pastéis, o Flo traz categorias tradicionais de acompanhamento menstrual e ainda possibilita ao usuário importar informações, como duração do sono, quantidade de água ingerida e atividade física, dos apps Fitbit, Google Fit, Health App. Está disponível tanto para Android, quando para iOS, e, assim como o anterior, oferece uma interface exclusiva durante a gestação

A empresária e pesquisadora Natália Trompieri, de 39 anos, utiliza o aplicativo há dois anos para o auxílio da prevenção de gravidez. Por oferecer um acompanhamento detalhado de cada fase do ciclo, a empreendedora descobriu padrões e sintomas do seu ciclo antes nunca notados. 

GBGFBGF

“Com o aplicativo, comecei a perceber que meu ciclo nos últimos anos é bem certinho. Quando era mais jovem não. Inclusive, na questão da TPM, sempre fui muito tranquila, mas, agora, percebo uma maior sensibilidade nesse período”, conta Natália.

Esse tipo de benefício além de aumentar o autoconhecimento da usuária, ainda ajuda na hora de identificar doenças e mudanças importantes no sistema reprodutor feminino. 

“Por oferecem um monitoramento de sintomas, eles ajudam muito, pois permitem maior fidelidade em informações nem sempre fáceis de fornecer pelas mulheres”, explica a Dra, Raquel Autran.

Entretanto, diferente dos demais app desta seleção, o Flo não apresenta a opção de alerta de aproximação de TPM.

FDSFSD

JJGH

Com descrições detalhadas sobre o ciclo menstrual, com referências médicas e científicas, ele é o único da lista que afirma ter garantia de design sem flores, borboletas, eufemismo ou cor-de-rosa. Com 28 categorias de rastreamento, incluindo cólicas, emoções, peso, pele, cabelo, entre outros, o Clue fica mais inteligente quanto mais ele é usado, ou seja, quanto mais informação fornecida ao app, mais precisas ficam as previsões. 

GBGFBGF

A universitária Lívia Sindeaux, de 22 anos, usa a plataforma há um ano para não ser pega de surpresa por sintomas do ciclo. “Baixei um pouco depois de ter colocado DIU para monitorar como ficaria minha menstruação depois de parar com o anticoncepcional. Sempre tive problemas com anotar e prever os dias de sangramento e já passei alguns perrengues por isso na adolescência”, relembra a estudante.

O Clue é dinâmico, muito didático e simples de utilizar, além de lembrar a usuária sobre a proximidade da menstruação, da janela de fertilidade e da TPM. O app está disponível para Android e iOS.

FBFGBFG

HHFG

Também conhecido como LoveCycles, o aplicativo possui uma interface clean e cores simpáticas e tem versões tanto para Android quanto para iOS. Com opções de proteção por senha, o aplicativo se destaca pela função “dica do dia”, em que explica a usuária quais as implicações para cada dia do ciclo menstrual. 

GBGFBGF

A praticidade e as informações para facilitar uma nova gravidez conquistaram a dona de casa Andréa Jamile Rodrigues, de 26 anos, que utiliza o app há mais de dois anos. “Acho ele mais prático, tanto em definição do ciclo, quanto em marcar os sintomas, humor, sexo protegido ou não. Além de dar dicas na época da TPM. No período que usei com o intuito de engravidar tinha dicas sobre também”, revela Andréa, que engravidou propositalmente durante o uso do Maia. 

Apesar de ajudar a usuária que deseja engravidar, o aplicativo não oferece uma versão de acompanhamento de gravidez, assim como o Clue. 

Carolina Melo
Repórter

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Tecnologia e Games

Veja mais

Comentários

VC na tv diário

Flagrou algo inusitado ou presenciou um fato marcante? Envie seu material - foto ou vídeo - para a produção do seu programa favorito.

Fale conosco

Fale diretamente com a produção dos programas da TV Diário. Atenção: o formulário abaixo não permite o envio de anexos.