Senado aprova projeto que aumenta pena para roubo a banco com explosivos O projeto segue agora para sanção presidencial

02/04/2018 - 10h09
a- a+


Um novo projeto de lei que endurece as penas para diversas modalidades de roubo, incluindo o de caixas eletrônicos com uso de explosivos, foi aprovado no Senado, na última terça-feira (27). O projeto segue agora para sanção presidencial.
 
Na nova lei, a pena para quem roubar ou furtar bancos utilizando explosivos será de quatro a dez anos. Atualmente, a pena para qualquer tipo de assalto a banco é de três a oito anos. Caso o ato de roubo resulte em lesão corporal grave contra a vítima, a pena para o criminoso aumenta para sete a 18 anos de reclusão. A lei também estabelece que os bancos serão obrigados a instalar equipamentos que inutilizem cédulas em caso de ataque a caixas eletrônicos. 
 
Para Carlos Eduardo, presidente do Sindicato dos Bancários do Ceará, as mudanças na lei são um avanço, mas ainda não o suficiente para inibir os ataques. Nos primeiro três meses de 2018, foram registrados 15 ataques a banco no Estado. A ação mais recente aconteceu no dia 27 de março, quando duas agências bancárias foram atacadas e explodidas em Reriutaba. 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Política

Veja mais

Comentários

Instagram

Siga @tvdiario

Canal 22.1 em HD. Perfil oficial da TV Diário, que é a cara do Nordeste: desenrolada, invocada e estourada. WhatsApp: (85) 98755-0153