Após afastamento de Aécio Neves, Tasso Jereissati assume presidência interina do PSDB Em um de seus primeiros atos, senador pediu que ministros permaneçam no governo

19/05/2017 - 09h57
a- a+


O senador cearense Tasso Jereissati é o novo presidente interino nacional do PSDB. Ele assume o cargo em substituição ao senador Aécio Neves, que se licenciou temporariamente do posto nesta quinta-feira (18), após ter o nome envolvido em um novo escândalo da Operação Lava Jato. Tasso já foi presidente titular do partido em outras duas ocasiões: de 1991 a 1993 e de 2005 a 2007. 

> STF divulga áudio de conversa entre Temer e Joesley Batista; escute e entenda crise

Por meio de nota, o novo presidente pediu que os ministros do partido permaneçam em seus cargos no governo Temer.

> "Não renunciarei", diz Temer em resposta às denúncias de dono da JBS

"Mantendo sua responsabilidade com o País, que enfrenta uma crise econômica sem precedentes, o PSDB pediu aos seus quatro ministros que permaneçam em seus respectivos cargos, enquanto o partido, assim como o Brasil, aguarda a divulgação do conteúdo das gravações dos executivos da JBS", diz.

O senador foi um dos principais articuladores das negociações da candidatura de Fernando Henrique Cardoso à Presidência da República, entre 1993 e 1994. 

Governador do Ceará por três ocasiões, e atualmente no segundo mandato no Senado, Tasso tem uma trajetória reconhecida como político e administrador de empresas. No Senado, é titular da comissão de assuntos econômicos, do grupo parlamentar Brasil Argentina, é também suplente em outras três comissões.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Política

Veja mais

Comentários

VC na tv diário

Flagrou algo inusitado ou presenciou um fato marcante? Envie seu material - foto ou vídeo - para a produção do seu programa favorito.

Fale conosco

Fale diretamente com a produção dos programas da TV Diário. Atenção: o formulário abaixo não permite o envio de anexos.