Subtenente acusa mulher de matar o filho em entrevista exclusiva à TV Diário

03/12/2014 - 21h35
a- a+


O subtenente do Exército, Francilewdo Bezerra Severino, acusou sua esposa, Cristiane Renata Coelho Severino, pela morte do filho e pediu que seja feita Justiça. Em entrevista exclusiva à TV Diário, ele afirma que ela precisa ser presa e pode necessitar de tratamento, mas não deve ficar impune.

O militar explica que não lembra muito do que aconteceu na noite do crime. Franciweldo só recorda que estava em casa com a esposa e os filhos e que somente ela poderia cometer o assassinato, já que ele jamais teria coragem de matar o filho e eles estavam sozinhos na residência.

Segundo o subtenente, a esposa sofria de depressão e tomava remédios, mas mesmo assim ele nunca pensou que ela poderia fazer algo contra a família. Ele também demonstra preocupação com o seu outro filho, com quem não pode falar e só recebe informações através do advogado. O subtenente revela estar apreensivo, mas sabe que a criança está sendo acompanhada pelo Conselho Tutelar

Franciweldo teve a prisão preventiva revogada nesta quarta-feira (3). Ele foi preso em flagrante em 11 de novembro, acusado de matar o filho e praticar lesão corporal contra a esposa.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Polícia

Veja mais

Comentários