Grupo suspeito de tráfico interestadual é preso com mais de 600 pontos de LSD e outras drogas Segundo as investigações da Polícia, a quadrilha atuava entre os Estados do Paraná, Pará e Ceará e o material seria usado para abastecer festas que ocorreriam na Capital

16/05/2017 - 09h51
a- a+


A Polícia Civil, por meio de investigação da Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas (DCTD), aprendeu mais de 600 pontos de LSD, comprimidos de ecstasy, cerca de 10 Kg de maconha e cocaína na última sexta-feira (12), em Fortaleza. Segundo a Especializada, o material ilícito estava na posse de um grupo de quatro pessoas suspeitas de tráfico interestadual atuante entre os Estados do Paraná, Pará e Ceará e seria usado para abastecer festas que ocorreriam na Capital.

> "Quero que investiguem. Meu filho não era vagabundo", diz mãe de goleiro do Floresta assassinado

A captura aconteceu quando as equipes montaram uma campana em uma pousada da Praia do Futuro e localizaram o paranaense Gustavo Collyer de Santa Brígida, 28 anos. No local, onde o suspeito estava instalado, os agentes de segurança apreenderam diversas cartelas de LSD, totalizando 621 pontos da droga, além de materiais que eram utilizados para o consumo dos entorpecentes. 

> Briga entre facções deixa sete mortos e oito feridos em menos de 24h em Fortaleza

Com Gustavo, os policiais prenderam Camilo Josino, de 28 anos, que tentou fugir durante a abordagem, mas foi capturado pela equipe de policiais. O homem também era investigado pela DCTD por ser o responsável de entregar as drogas pela cidade. Na casa dele, situada no bairro Joaquim Távora, os agentes apreenderam quase 10 Kg de maconha.

> Professora forja o próprio sequestro em Sobral para "saber se gostavam dela"

A terceira pessoa presa se trata de Wallace Bruno Lobão Mendes, de 28 anos, também oriunda do Estado do Pará, e responsável pela venda de ecstasy. Ele foi preso na Aldeota e estava em posse de 38 comprimidos da droga.

 Por fim, os agentes encontraram a cearense Suyene Alves da Silva, de 32 anos, que armazenava em casa, na Cidade 2000, outros 35 comprimidos de ecstasy, além de trouxinhas de cocaína prontas para distribuição.

Todo o material e os suspeitos foram conduzidos para a sede da DCTD, onde foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico. Camilo Josino também foi autuado pelo crime de resistência. 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Polícia

Veja mais

Comentários

VC na tv diário

Flagrou algo inusitado ou presenciou um fato marcante? Envie seu material - foto ou vídeo - para a produção do seu programa favorito.

Fale conosco

Fale diretamente com a produção dos programas da TV Diário. Atenção: o formulário abaixo não permite o envio de anexos.