Golpe: criminosos usam logomarcas de empresas renomadas para falsas vendas na internet O criminoso pode pegar até cinco anos de prisão

05/09/2017 - 14h54
a- a+


Criminosos estão usando páginas falsas nas redes sociais com logomarcas de lojas conhecidas para aplicar golpes. A ideia é atrair os consumidores acostumados com a exposição de produtos por sites renomados na internet, com preços reduzidos.
 
O veterinário Bené Pinho conta que quase caiu no golpe. "Eu estava passeando como todo mundo pela internet, quando eu vi a promoção de 70% em um notebook no valor de R$3.500, que estava por R$1.000. O primeiro impulso foi logo de comprar", contou.
 
Segundo ele, ao ser redirecionado para o pagamento, começou a desconfiar. "Comprei, fiz o preenchimento dos dados, era da Americanas.com. Quando eu fiz o boleto, vi que meus dados não estavam no boleto e achei muito estranho, porque não aparece a página das Americanas quando você é jogado para imprimir o boleto, você vê que é uma coisa totalmente fraudulenta".
 
A partir daí, resolveu tomar providências para descobrir se a promoção realmente existia. "Liguei para a central, a moça do atendimento me informou que isso não existia, até porque nem o banco era o banco que eles trabalham. E ela disse que, mesmo se tivesse do banco que eles trabalhavam, começava com outro número, que também não é esse aqui", relatou.
 
Apesar de não ter concluído a compra, ele afirma que está receoso. "Eu não cheguei a efetuar o pagamento, mas eles estão com todos os meus dados: cpf, endereço, telefone...", finalizou.
 
O delegado Jaime de Paula, titular da Delegacia de Defraudações afirma que é comum os golpistas se aproveitarem das páginas da internet para ludibriar as vítimas. Ele explica que dificilmente os criminosos aplicam golpes na unidade federativa em que residem. "O golpista tende a dificultar a ação da investigação policial. Ele escolhe os alvos em um Estado mais distante, para que, quando chegar essa ocorrência para a investigação, já chega dias depois, o que facilita ele fazer essa saque do dinheiro", alertou.
 
Ainda de acordo com o delegado, nenhuma demanda específica desse caso deu entrada na delegacia, mas ele faz um alerta. "Em primeiro lugar, você tem que ficar sempre atento com as ofertas tentadoras. Geralmente o golpista lhe atinge justamente na tentação. Você tem que ter a educação virtual, quando você antes de fazer o primeiro acesso, agir por impulso, você procurar se precaver, se resguardar, para não ser uma futura vítima".
 
A Polícia consegue localizar o estelionatário através da conta bancária utilizada. O criminoso pode pegar até cinco anos de prisão.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Polícia

Veja mais

Comentários

VC na tv diário

Flagrou algo inusitado ou presenciou um fato marcante? Envie seu material - foto ou vídeo - para a produção do seu programa favorito.

Fale conosco

Fale diretamente com a produção dos programas da TV Diário. Atenção: o formulário abaixo não permite o envio de anexos.