Assassinato de mulheres aumenta mais de 200% no Ceará em 2018 Foram registrados 138 homicídios de mulheres entre janeiro e março no Ceará

20/04/2018 - 10h19
a- a+


Foram registrados 138 homicídios de mulheres entre janeiro e março no Ceará, que representa um aumento de 229% em relação ao primeiro trimestre do ano passado. Os números foram divulgados no boletim trimestral da conjuntura da violência contra a mulher no Ceará, organizado pelo Instituto Maria da Penha (IMP). 
 
Em Fortaleza, foram contabilizados 62 assassinatos de mulheres neste primeiro trimestre. Entre os casos, 30 tinham entre 15 e 24 anos, um aumento de 500% em relação ao mesmo período de 2017. 
 
O boletim apresenta também a taxa de homicídio em cada 100 mil mulheres. Em 2017, este número chegou a 3,65%. Com base nos dados do primeiro trimestre deste ano, foi feita uma projeção para o ano de 2018, que chegaria aos 12%. Com este número, o Ceará ficaria entre as regiões com mais morte de mulheres no mundo
 
Este é o primeiro boletim divulgado pelo IMP, que tem uma parceria com a Universidade Federal do Ceará (UFC). O objetivo é divulgar trimestralmente os dados, apresentando também fragilidades no sistema e possíveis melhorias para o Governo do Estado. 
 
Mais informações na reportagem do Diário na TV.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Polícia

Veja mais

Comentários