Mais de 26 mil cadastros do Bolsa Família suspeitos de fraude são cancelados no Ceará

10/01/2018 - 09h27
a- a+


Uma auditoria da Controladoria-geral da União (CGU) no cadastros do programa social Bolsa Família constatou incompatibilidade em alguns dados, o que causou o cancelamento de 26.787 beneficiados no Ceará. 350 mil inscritos em todo o Brasil estão sendo investigados. 
 
A investigação da CGU apontou problemas com a renda familiar declarada nos cadastros. Para ter direito ao benefício, é necessário ter uma renda inferior a R$ 170 por pessoa, porém alguns casos, as famílias chegavam a ter renda até de R$ 1.900 por pessoa. O prejuízo do Governo em todo o Brasil pode chegar a R$ 1,3 bilhão.
 
As Prefeituras estão responsáveis por verificar as situações dos cadastrados suspeitos, porém os beneficiados também pode recorrer buscando a Coordenação Municipal do Cadastro Único para atualizar os dados. 
 
Confira mais informações na reportagem do Diário na TV. 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Economia

Veja mais

Comentários

Instagram

@tvdiario

Canal 22.1 em HD. Perfil oficial da TV que é a cara do Nordeste: desenrolada, invocada e estourada. WhatsApp: (85) 98755-0153