Ônibus passam a circular em comboio e sob escolta policial em Fortaleza Mais informações em instantes

20/04/2017 - 11h01
a- a+


Ônibus
Até a noite de quarta, a SSPDS havia divulgado a prisão de um suspeito de envolvimento na série de crimes (Foto: Reprodução)
*atualizado às 18h57
 
Após reunião na tarde desta quinta-feira (20) entre o Sindiônibus, a Segurança Pública do Estado e a Prefeitura de Fortaleza, foi definido que os ônibus da Capital circularão em comboios e com escolta da Polícia. A operação já está em atividade desde as 17h desta quinta-feira. A medida, divulgada em nota pelo Sindiônibus, visa garantir a normalidade do serviço de transporte.
 
Ataques
 
Os ataques a ônibus continuam assustando muita gente em Fortaleza e Região Metropolitiana. Três coletivos foram incendiados na manhã desta quinta-feira (20), um no bairro Vila Velha, outro no Conjunto Nova Assunção e um terceiro no bairro Castelo Encantado.
 
Durante a madrugada, no bairro Pajuçara, em Maracanaú, uma delegacia e uma agência da Caixa Econômica Federal foram alvo de ações de bandidos. Criminosos dispararam mais de 15 tiros contra o prédio da unidade de Polícia, deixando vizinhos e moradores da região assustados.
 
Na Barra do Ceará, uma agência do Bradesco foi alvo de tiros e em seguida foi incendiada no início da manhã desta quinta-feira (20). Também durante a madrugada, o 33º Distrito Policial, no bairro Goiabeiras, próximo à Barra do Ceará, foi alvo de disparos feitos por quatro homens em duas motos pouco depois de meia-noite.
 
Em Trairi, uma agência do Banco do Brasil também foi alvo de criminosos. Por volta de 1h da madrugada um caixa eletrônico foi explodido e algumas cédulas foram destruídas. De acordo com a Polícia, pelo menos três pessoas, que ainda não foram identificadas, estariam envolvidas na ação.
 
No final da manhã uma Hilux preta foi atingida por vários disparos na Av. Santos Dumont, no bairro Dunas. As primeiras informações, ainda extraoficiais, afirmam que duas pessoas estariam no veículo. Um homem teria morrido e uma mulher ficado ferida.
 
 
 
Na quarta-feira (19)
 
Na última quarta-feira (19), a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) registrou vários ataques a veículos: 16 deles contra ônibus, sendo 12 na Capital e 4 na Região Metropolitana; e quatro contra carros de empresas. Os coletivos queimados estavam nos bairros Edson Queiroz, Jangurussu, Conjunto Palmeiras, Barroso, Barra do Ceará, Siqueira, Parque Dois Irmãos e Aerolândia. Outros quatro foram interceptados em Maracanaú, Horizonte, Eusébio e Pacajus.
 
Quatro ações foram registradas contra carros da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), no Jangurussu e Vila União; um automóvel da Enel Distribuição Ceará, no Jardim das Oliveiras; e um veículo do Departamento Municipal de Trânsito de Caucaia.
 
Suspeitos
 
A SSPDS informou em nota que já são oito suspeitos detidos em decorrência dos ataques a veículos e prédios em Fortaleza e Região Metropolitana.
 
Dentre eles, Francisco Bruno Pacheco da Silva, de 26 anos, que deu entrada em uma unidade de saúde com queimaduras no corpo e foi autuado pela Polícia por associação criminosa, dano e também no crime de causar incêndio expondo a perigo a vida, a integridade física ou o patrimônio de outrem. Fábio Tomé de Souza, de 18, foi conduzido para a sede da Draco, onde foi autuado em flagrante por organização criminosa, porte ilegal de arma de fogo e dano. Já Raimundo Aliçon Caetano da Silva, 19 anos, deu entrada em uma unidade de saúde apresentando queimaduras. Ele está sob custódia policial e também foi autuado em flagrante por organização criminosa, porte ilegal de arma de fogo e dano.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Cidade

Veja mais

Comentários

VC na tv diário

Flagrou algo inusitado ou presenciou um fato marcante? Envie seu material - foto ou vídeo - para a produção do seu programa favorito.

Fale conosco

Fale diretamente com a produção dos programas da TV Diário. Atenção: o formulário abaixo não permite o envio de anexos.