Ex-cantor sertanejo Renner conta que foi escolhido por Deus para evangelizar

12/05/2015 - 10h32 - Redação Web - TV Diário
a- a+


Ivair do Reis Gonçalves. Talvez você não conheça essa pessoa, mas durante 25 anos ao lado do amigo Rick, este nome já cantou para um público estimado em 225 milhões de pessoas.
 
Falamos de Renner, ex-cantor sertanejo famoso pela dupla Rick e Renner, encerrada definitavamente em 2012 com boatos de briga, negados pelo cantor.
 
"Amo o Rick como irmão e irmão em Cristo", ressalta.
 
Vida secular
 
Convertido desde 2010, o cantor conta que se afastou da igreja para seguir a carreira sertaneja. "Fui escolhido", ressalta Rick.
 
Em 2001, o cantor foi acusado por homicídio culposo (quando não há intenção de matar), por atropelar duas pessoas enquanto dirigia nas rodovias de São Paulo.
 
Em dezembro de 2014, Renner se envolveu novamente em um acidente, chocando-se na traseira de um carro e fugindo do local sem prestar socorro às vítimas.
 
Pregando, Rick conta que se perdoou dos erros porque Deus já o havia perdoado. "Um dia vou te restaurar e te mostrar como eu quero", conta Renner sobre conversas com Deus.
 
Interesses financeiros
 
Sobre as alegações de que o ingresso no mundo gospel é apenas pelo dinheiro, Renner afirma que tudo não passa de mentira. Atualmente, Renner vive de aluguel e das ofertas das igrejas em que prega.
 
Casado, pai de 6 filhos e avô, o cantor afirma que ao se render aos ensinamentos da Bíblia, vive na graça e teve o casamento restituído. "Minha casa foi abençoada", conta.
 
No término, ele ainda revelou que alguns cantores do mundo gospel, em início de carreira, já o procuraram para mudar de ramo e cantar no ramo sertanejo. Porém, Renner os advertiu para continuar nos caminhos e desígnios de Deus.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Famosos

Veja mais

Comentários